A questão agora é: O Brasil vai ficar pra tras?

Hoje pela manhã estava lendo uma matéria na revista exame, segue o link para parte da matéria. (infelizmente só quem paga pode ler)

Mas vou tentar colocar aqui com minhas palavras o que está escrito lá:

Eles (da revista) colocaram como exemplo um jovem de 20 anos, que por iniciativa própria criou um portal que disponibiliza para a população os dados do SAC (Serviço de atendimento ao Cidadão), os dados são publicos, ele só pegou direto da fonte e mostrou de maneira “mastigada” para a população. Hoje ele ganha dinheiro prestando consultoria para outras iniciativas que utilizam fontes de dados públicas.
Na matéria eles mostram que os governos Americano e Britânico já criaram um departamento para disponibilizar de maneira padronizada as fontes de dados públicas para qualquer um que queira utilizar, dessa forma qualquer cidadão que saiba como utilizar esses dados, pode mostrar de uma maneira legal para o resto da população.
Citam até um exemplo de um aplicativo que tenta cruzar informações e por meio disso descobrir se algum político teve algum tipo de favorecimento em algum pagamento de contas, aprovação de projetos de reforma, etc…
Pensem que se o Brasil disponibiliza-se bases de dados cruas, com informações sobre licitações pagas, reformas, origem e destino do dinheiro público, etc…
Uma comunidade de desenvolvedores de sistemas, e ongs, poderiam criar sistemas para analise dos dados (Business Inteligence) de maneira simples pela população. Dessa forma, aumentando a transparência do governo.
Não precisa ser muito inteligente pra deduzir que os EUA ou Reino Unido estão numa situação econômica melhor que a nossa, e também não precisa ser um Sherlock pra deduzir que tomar essa medida de disponibilizar as bases de dados só nos tras benefícios.

Lembro que quando comecei meu blog pessoal, tinha a idéia de criar um software para explorar dados do governo, mas não sabia como obtê-los. Então talvez um primeiro passo interessante não seja o software, mas sim conseguir os dados de maneira simples (como propõe a matéria e como alguns países já fazem). A partir disso, é só deixar com agente ; ).

E ai? vamos convencer a MCCE a criar o próximo “Ficha Limpa” e encaminhar pro governo?