Hoje Logo cedo ao abrir meus emails vejo esse vídeo encaminhado por um amigo e não podia deixar de compartilahr com vocês amigos leitores!

Segue uma breve Biografia da Deputada de acordo com o Wikipédia.

“Maria Aparecida Campos Straus, conhecida como Cidinha Campos, (São Paulo, 5 de setembro de 1942) é uma jornalista, radialista, política brasileira, filiada ao PDT desde 1990. Apresentou junto com Durval de Souza o programa infantil Pullman Jr, pela TV Record, atual Rede Record. Fez parte do elenco fixo de Família Trapo, programa humorístico de enorme sucesso produzido e exibido pela TV Record de São Paulo no final dos anos 60 e que foi o percursor de atrações como A Grande Família e Sai de baixo.

Se elegeu deputada federal pela primeira vez em 1990. No ano seguinte, transferiu-se para a Radio Manchete, lá permanecendo até metade da década de 90. Como parlamentar denunciou a máfia que agia no INSS.   Em 1998 decide se candidatar a uma cadeira na ALERJ. Reeleita deputada estadual nas eleições de 2006, comandou um programa matinal na Radio Haroldo de Andrade  até janeiro de 2007. Cidinha pediu demissão da estação por considerar as condições de trabalho insatisfatórias.

Em 24 de Março de 2010, Cidinha Campos tornou-se um fenômeno nas redes sociais, com grande repercussão em países como Portugal, Angola e Moçambique, por conta de inflamados discursos proferidos da tribuna da ALERJ sobre denúncias contra o também deputado estadualJosé Nader (PTB), que se auto indicou para uma vaga no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. Cidinha acusa o parlamentar petebista e seus familiares pela prática de corrupção.”

Só queria dizer que nos outros estados acontece a mesma coisa, e como diz a Cidinha,

“QUANTO MAIS LADRÃO MAIS QUERIDO”

“A CORRUPÇÃO NESSE PAÍS ESTÁ NO DNA”

Uma vergonha sem tamanho uma deputada fazer um discurso desse, mas do jeito que anda a nossa politica não tem mais jeito é dai pra pior, o vídeo se torna um hit na internet mas daqui uma semana já está todo mundo falando de outro vídeo, sinceramente acho isso “uma puta falta de sacanagem”.

Abraços