Ou nem tão nova assim.

Esse mês minha namorada identificou numa revista Arquitetura & Construção uma matéria sobre uma tecnologia nova, que quando li um pouco pensei “essa tecnologia nem é tão nova assim”.

Alguns de vocês já devem ter ouvido falar na geração de energia utilizando a força das ondas do mar, pra quem não ouviu falar a idéia é simples, a força das ondas giram turbinas que geram energia, só que ao invés de usar a força da gravidade (como uma hidrelétrica convencional) usa a força do mar.

O que há de novo na idéia mostrada na revista é uma simples diferença, nas usinas antigas as turbinas ficavam submersas, dificultando a manutenção/operação e encarecendo muito o custo. Nessa nova idéia, a agua é enviada sob pressão para a superficie, e as turbinas ficam em terra firme. Simplificando muito a manutenção e por sua vez o custo.

Para ler mais sobre a tecnolgia, segue um link.

Para ver a matéria que despertou a idéia pra esse post é da revista Arquitetura & Construção do mês de Janeiro de 2010.

Para finalizar, esse tipo de gerador mostra como inovar é simples, não precisa ter novas idéias, as vezes só é necessário melhorar um pouco algo que já existe. E tudo em pró de uma vida e um planeta melhores.

Fecho aqui meu primeiro post do ano, que apesar de estar sendo atrapalhado por um vizinho que faz um mundo pior por ouvir funk carioca no último volume, incomodando todo mundo, ainda tenho esperança e sou perseverante.

Abraços (e não se esqueçam dos comentários)