Ontem pela manha estava lendo as noticias da Folha e li a materia (na integra só para assinantes da folha ou do uol) sobre o índice de mortes causados pela poluição da cidade de são paulo.
Isso vem a calhar com o que comentei a respeito da contra mao na tendencia mundial de compra de carros. Numa metrópole como São Paulo, que cresceu visivelmente de forma desordenada e que hoje e a quarta maior cidade do mundo, carros grandes já não cabem mais (literalmente). Ok sei que muitos não abrem mão dos carros por que o transporte publico eh imprestável, mas por que nao optarmos por carros menores? Carros para duas pessoas? Carros que chegam a fazer 30km/l de combustível e que emitam menos de 88g/k? Hm, e que tal a bicicleta? Talvez ate uma melhoria do sistema de transportes dando preferencias aos transporte coletivo ao invés do individual.
Pra pergunta do carro a resposta eh ate mais fácil, você pagaria R$70.000 nesse carro sendo que voce pode comprar um Civic 0km? Nossa taxa de impostos eh tao abusiva que faz com que carros como o Smart (citado acima) chegue por volta dessa faixa de preço. Na Europa ele custa em torno de €11.000 eh só fazer as contas e ver o quanto fica pro governo. A facilidade desse carro vai muito alem da economia e emissões, fazer uma conta simples de matemática um vectra tem 4,58mts de comprimento, um smart tem 2,5mts isso quer dizer que porcamente falando aonde você ver um vectar poderiam estar 2 smarts, se considerarmos que um smart aqui na Europa eh permitido estacionar a 90 graus da calcada, estacionado seriam 3 smarts ao invés de um vectra já que de largura ele tem apenas 1,5mts. E para os que não acreditam ele tem espaço pra você e pra outra pessoa confortavelmente, alem de conseguir botar uma secadora de roupas em seu porta malas.
Pra bicicleta vejo alguns poréns, o primeiro sem sombra de duvida eh a falta de respeito dos motoristas para com o ciclista, e convenhamos que o transito de são paulo por si só já assusta quem se arrisca nessa aventura. Ai entraria a proposta da Soninha em fazer ciclovias na cidade e também o projeto da prefeitura de oferecer aluguel de bicicletas nas estacoes do metro. Outro porem eh a vulnerabilidade, ser assaltado de bicicleta em algumas situações, principalmente chegando e saindo de casa eh mais fácil do que de carro. Outro eh a instabilidade do tempo da cidade, você pode sair de casa com um sol a pico e chegar no trabalho encharcado.
Quanto ao transporte publico, eh o transporte publico pra melhorar deveria haver muita mudança, e não creio que a população da cidade e nem o governo estão preparados pra isso. O primeiro pelo comodismo, o segundo pelo dinheiro. Imagina se fecharem o centro pra carros, tirarem duas faixas das principais avenidas da cidade para fazerem faixas exclusivas de ônibus!! Voces conseguem pensar nisso? O povo iria enlouquecer, já enlouqueceram quando fizeram o corredor na rebouças, mas quem pega os ônibus por la agradece. E com certeza todos nos agradeceríamos com a redução das emissões de CO2 e com um transito mais digno pra todo mundo.
Afinal de contas alguem já parou pra pensar quanto tempo por dia você perde no transito? E quanto isso afeta sua vida? Talvez esteja na hora de comecar a pensar mais sobre isso.